Maconha, Dipirona, e o Amor.


Drogas. A gente escuta a vida inteira que deve ficar longe delas. Viciam. Você sabe que é ruim, mas decidi experimentar, afinal todo mundo já experimentou, certo? Daí você gosta, e decidi que uma vez ou outra não faz mal, você tem controle sobre aquilo, e enquanto tiver esse controle não precisa pular fora. Mesmo porque você é mais forte que ela. Essa uma vez ou outra passa a não ser o suficiente, você quer o tempo todo. Ela passa a ser mais forte do que você. Mas ainda assim continua se achando mais forte. Na verdade, acho que só não admite os fatos por medo de se tornar mais fraco, vulnerável. Você já tá no fundo do poço. Viciou, já era. Vulnerabilidade mode on. Vai pra reabilitação.

Remédios. Os médicos indicam. Estão à venda nas melhores farmácias. As promessas são sempre as mesmas: curar sua dor, fazer com que sinta melhor. Mas às vezes eles fracassam. E pior: também podem viciar, e então seu bem estar passa a ser dependente deles. Drogas da mesma forma.

Isso não é sobre drogas, aliás é sim, mas a droga que se sente. Pode ser boa ou ruim. Vicia do mesmo jeito, e te leva pro mesmo lugar: depressão causada pela vulnerabilidade. Uma droga mesmo. Me mantive afastada por muito tempo. Mas descobri que algumas coisas nascem com você, e por mais que você tente não pode fugir delas. O máximo que se pode fazer é evitá-las, ou aceitá-las de uma vez, para que assim possa se tratar e acabar com isso de uma vez. É, eu tenho o hábito de me sabotar, e, sim, estou falando do amor.

P.S.: Existe uma grande probabilidade deste post não ser compreendido. Sorry.

3 opniões ...:

mysty (Bárbara Thamíres) disse...

oiii....adoreituas postagens...

to seguindo...
me segue de volta...bjus...


http://overdosevip.blogspot.com

José María Souza Costa disse...

CONVITE
Passei aqui lendo.
Sou um leitor assíduo de blogues.
Mas, estou lhe convidando a visitar o meu blogue. Muito Simplório, e se possivel seguirmos juntos por eles.
Estarei lhe esperando lá. Lhe desejando um Tempo de Paz e harmonia Espiritual.
Te espero lá, com um...
Abraço Fraterno

Géssica disse...

Oi Thais
To voltando a postar no meu blog depois de tanto tempo :}


Ate
Ps: se cuida

Postar um comentário